Loading...

sábado, 14 de novembro de 2009

sentado em volta desta fogueira, cresço perto do meu pai e de seus amigos

em silêncio, reverencio a oportunidade de ouvir essas pessoas... em meu canto, faço o que os filhos devem fazer quando seus pais falam... apenas ouço, não questiono... os feitos, estórias sobre suas caçadas... as pastagens e montanhas distantes... em todo conto, há sempre uma lição de amor e respeito extremos por tudo... aprendo a simplicidade de como as coisas devem ser feitas... seu sábio amigo shimizu relembra os mortos em batalhas antigas... alguns se foram com lanças em seus corações... outros, apunhalados pelas costas... shimizu e ootsuka riem ao verem meu deslumbramento por eles... meus olhos brilham... meu coração parece que vai explodir dentro do meu peito, tamanha alegria... de tudo o que escuto destes homens, e ainda mais do meu pai, a gratidão pela vida e por tudo que nela existe é o que mais me emociona... agora, sentado em volta desta fogueira, a gratidão por meu pai e por seus ensinamentos é maior que tudo o que já tive ou jamais terei nessa vida

Um comentário:

  1. Lendo esse texto veio uma linda música na minha cabeça.

    "Em volta do fogo,
    todo mundo abrindo o jogo,
    contam o que tem pra contar...
    Casos e segredos,
    coisas desta vida e da outra,
    mas nada de assustar...
    quem não é sincero
    sai da brincadeira correndo...
    pois pode se queimar...
    Queimar!!!"
    MN

    ResponderExcluir

Arquivo do blog

外人デイム

Minha foto
nagano, Japan
é um esforço inútil reprimir sentimentos e desejos dentro da gente... parece que essas coisas aí são as energias que nos matêm vivos