Loading...

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

agora você se dá conta do seu corpo e da sua maldita mente

você percebe os transtornos, os danos causados pelos ‘belos’ hábitos... esses que você insiste em ter... sei que você procura entender e perceber em qual direção está indo... “perder é se encontrar”... deixa de ser patético... ninguém liga para as tuas dores... cagam pra sua vontade de viver, aprender, ensinar... você é um pária... ensine o que puder... ou não ensine nada... a situação que você vive hoje é a que você mesmo criou... raiva, revolta, mágoa e mau humor afastam algumas pessoas... mas por favor... atenção redobrada para não colocar o boné onde a sua mão não alcança

4 comentários:

  1. atenção também em relação ao boné: há cabeças grandes para bonés pequenos. há bonés grandes para cabeças pequenas. e há os bonés, que costumam flutuar por sobre pescoços vazios.

    mas, como diria o "phisólofo", enquanto houver sol; haverá bonés. e enquanto houver bonés flutuando por sobre pescoços vazios, haverá bundas.

    particularmente,. eu prefiro uma bela bunda a um boné.

    enumeremos as mais belas bundas do nosso brasil:

    1 - Lula da Silva (a boa e velha cara de bunda que nunca sabe de nada)
    2 - Adriano Barros (uma bunda filósofa, que peida após horas de leituras de Bahcon.)
    3 - Rodrigo Roig (a bunda arquiteta; com seus orifícios redondos, milimetricamente feitos no compasso)
    4 - Sayuri Sato (a bunda oriental; é uma bunda mais reservada, gosta das coisas metodologicamente arrumadas; divide um peido em vários peidinhos.)
    5 - Mário Poeta (a bunda literária; é uma bunda filhadaputa; criteriosa e observadora de outras bundas.)

    ResponderExcluir
  2. (Tadinho ele não teve uma mobilete...rs)

    * E repito: O Gaijin deveria estar na minha agência...hehehehe Ótimo blog!

    Nádegas a declarar!

    ResponderExcluir
  3. pobre daquele que nunca teve um mobilete... acabou compensando a dor alguns livros aí... e ao contrário da mobilete que queria pra passear pelas ruas, acabou indo mais longe do que imaginava

    ResponderExcluir

Arquivo do blog

外人デイム

Minha foto
nagano, Japan
é um esforço inútil reprimir sentimentos e desejos dentro da gente... parece que essas coisas aí são as energias que nos matêm vivos