Loading...

domingo, 19 de abril de 2009

parece dor de passarinho com asa quebrada e vontade de voar

no solo, estou inerte... me sinto sem vida
grito... canto...
o tom não é triste
sinto o toque... a tentativa de me fazer voar
olho para o céu azul e distante
levanto e arranco de mim a ave quase morta
bato minhas asas com a força de sempre
não, estou mais forte ainda
a dor não existe... não há asa quebrada
apenas preguiça de não aceitar a morte
a cerimônia de despedida
estou voando outra vez
inesperadamente, volto ao corpo inerte no chão
revelando o sentimento de dor
e com amor e carinho
me despeço da vida que não conheci

Um comentário:

  1. Uma amiga me indicou teu blog. Muito bacana. Tem umas coisas tristes. Mas é muiot legal.

    ResponderExcluir

Arquivo do blog

外人デイム

Minha foto
nagano, Japan
é um esforço inútil reprimir sentimentos e desejos dentro da gente... parece que essas coisas aí são as energias que nos matêm vivos