Loading...

quinta-feira, 23 de abril de 2009

hoje seria um bom dia pra morrer

o céu de um azul ofuscante
pequenas aves amarelas cantam no chão de terra do quintal
cheiro de mato no vento
cães de rua correm atrás das próprias sombras
inimigos ausentes
amigos presentes
felizes e com um pouco de saúde
crianças não pressentem o fim das coisas
nunca me avisaram que eu ia crescer
mas é sério
hoje realmente é um ótimo dia pra morrer

3 comentários:

  1. NÃO SE MATE

    Adriano, sossegue, o amor
    é isso que você está vendo:
    hoje beija, amanhã não beija,
    depois de amanhã é domingo
    e segunda-feira ninguém sabeo que será.

    Inútil você resistirou mesmo suicidar-se.
    Não se mate, oh não se mate,
    reserves-e todo paraas bodas que ninguém sabe
    quando virão,se é que virão.

    O amor, Adriano, você telúrico,
    a noite passou em você,
    e os recalques se sublimando,
    lá dentro um barulho inefável,
    rezas,vitrolas,
    santos que se persignam,
    anúncios do melhor sabão,
    barulho que ninguém sabe
    de quê, praquê.

    Entretanto você caminha
    melancólico e vertical.
    Você é a palmeira, você é o grito
    que ninguém ouviu no teatro
    e as luzes todas se apagam.
    O amor no escuro, não, no claro,
    é sempre triste, meu filho,Adriano,
    mas não diga nada a ninguém,
    ninguém sabe nem saberá.

    Carlos Drummond de Andrade


    ______Beijos da Andy

    ResponderExcluir
  2. Triste e bonito

    Vezenquando dá vontade de morrer um pouquinho...

    * Çayuri

    ResponderExcluir

Arquivo do blog

外人デイム

Minha foto
nagano, Japan
é um esforço inútil reprimir sentimentos e desejos dentro da gente... parece que essas coisas aí são as energias que nos matêm vivos